Curta a nossa página
 
28/10 13h09 2017 Você está aqui: Home / Política / Piauí Redação Imprimir postagem

Vereador denuncia furto de centrais de ar, pneus e equipamentos de depósito da Prefeitura

Afonsinho (PP) disse que no local também havia medicamentos com a data de validade vencida

Uma grave situação que ocorreu há cerca de um mês só agora chegou ao conhecimento da sociedade picoense. Durante discurso na Tribuna da Câmara, na sessão ordinária realizada nesta última quinta-feira (26), o vereador, Afonsinho Guimarães (PP), denunciou o estado de abandono em que se deparou ao visitar um depósito da Prefeitura de Picos. Na inspeção que realizou no prédio, localizado na localidade Canto da Aroeira, o parlamentar disse ter constatado que vários bens públicos já foram furtados do local.

"Fiquei supreso quando cheguei [e soube] que tinha 19 centrais [de ar] e equipamentos da UPA [Unidade de Pronto Atendimento] que foram roubados daquele local. E aí perguntamos a um morador se a imprensa não apareceu, a Coordenadoria de Comunicação, [porque] ninguém está sabendo. Já está com um mês que isso aconteceu. Será se foram pelo menos na delegacia fazer o B.O?", questionou o parlamentar.

O vereador lamentou que os equipamentos, adquiridos com repasses federais, tenham sido levados do depósito. Afonsinho ainda pediu que a Prefeitura tenha mais cuidado com os bens públicos, pois os mesmos são adquiridos com recursos oriundos dos impostos pagos pela população. O parlamentar também colocou que um local com tantos bens deve estar sob constante vigilância.

"Se lá é um depósito de todas as secretarias, no mínimo tem de ter um vigilante armado. Lá é um local distante, é um interior deserto. E eu acredito que se for somar o que tem ali dá quase R$ 1 milhão de reais de patrimônio do município", pontuou Afonsinho.

Também segundo o parlamentar do PP, vários carros que estão no depósito tiveram pneus e peças dos motores furtados. "Encontramos quatro Fiats em boas condições de uso, mas que por descuido da gestão perdemos esses bens e nada é feito. Já pensou R$ 1 milhão de bens do município sendo roubados e nada é feito. Ninguém dá uma satisfação. Esse dinheiro é um bem do povo", salientou, acrescentando que no depósito havia vários medicamentos com a data de validade vencida.

"Sei que não é da secretária atual [Socorro Carvalho], porque a data de vencimento dos medicamentos é de 2016. E eu como farmacêutico sei que o único lugar que  não poderia ter caixas de medicamentos era naquele local. E esses medicamentos por que foram perdidos? Por que não foram entregues nos Postos de Saúde? Fica a pergunta", pontuou Afonsinho.

Outro lado

O vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara, Rinaldinho (PP), confirmou os furtos. O vereador da base explicou que no dia 09 de outubro funcionários da Secretaria Municipal de Saúde foram no depósito e constataram que os equipamentos foram furtados. O parlamentar falou ainda que nessa mesma data foi feito um Boletim de Ocorrência na Central de Flagrantes.

"Logo depois eles foram ao prefeito e a Procuradoria do Município. Foi instaurado, além do inquérito na polícia civil, um procedimento administrativo para apurar se tem o envolvimento de funcionários. E tão logo concluído tanto o procedimento administrativo como o inquérito, será tudo remetido ao Ministério Público Federal e a Polícia Federal, pois se trata de equipamentos que são comprados e adquiridos com recursos do Governo Federal. Desse modo, a administração não se furtou nem se furtará de procurar os culpados e resolver o problema", encerrou Rinaldinho.

Fonte: Portal o Povo


  Tags:

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados