Curta a nossa página
 
24/07 11h16 2017 Você está aqui: Home / Política / Nacional PBM Imprimir postagem

Polícia investiga quatro ataques em uma semana a centros de umbanda no PI

\\\\\\\'Suspeitos podem ser condenados com pena de um a três anos de reclusão e multa\\\\\\\', diz delegado.

Em entrevista concedida ao G1, o delegado da Delegacia dos Direitos Humanos, Emir Maia contou que em apenas sete dias foram registrados quatro casos de ataques a centros de Umbanda em Teresina. De acordo com o delegado, investigações estão em curso para descobrir se os crimes são furtos, invasões ou intolerância religiosa.

"Estamos investigando porque além de ações que se caracterizam como intolerância religiosa, houve ainda furtos de bebidas. Requisitei exames periciais para encontrar a autoria e se confirmando como crime por motivações de preconceito religioso, os suspeitos podem ser condenados com pena de um a três anos de reclusão e multa”, explicou Emir Maia considerando que foram muitos casos em sete dias.

De acordo com o delegado Emir Maia, estão em investigação também declarações em redes sociais que se caracterizam como preconceito.

Um dos últimos crimes aconteceu durante a madrugada em um centro de Umbanda no bairro São Pedro, na Zona Sul de Teresina, onde diversas imagens de gesso foram quebradas. O responsável pela casa, Pai Eudes de Oxum Apará, contou que não foi a primeira vez que se sentiu ameaçado e que espera que a polícia investigue o caso e ache os criminosos.

“Anteriormente nunca tinha passado por isso e apenas nessa ultima semana, fomos violados duas vezes. Na primeira vez tentaram queimar as cortinas e agora o suspeito além de roubar bebidas ainda quebrou todas as nossas imagens. Registrei o Boletim de Ocorrência e espero que encontrem o suspeito e que ele seja responsabilizado por suas ações”, falou.


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados